João Ribas


Braga, 1979.
Diretor do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto. Anteriormente foi curador do MIT List Visual Arts Center (2009–13) e do The Drawing Center, Nova Iorque (2007–09). Ribas recebeu em quatro anos consecutivos o prémio da AICA para a melhor exposição (2008–11) e um Emily Hall Tremaine Exhibition Award (2010). Os seus projetos recentes incluem a 4ª Ural Bienal e exposições de artistas como Chris Marker, Nairy Baghramian, Rachel Rose, Michael Krebber, Joachim Koester, The Otolith Group, Frances Stark, Stan VanderBeek, Unica Zurn, Ree Morton, e Gordon Matta-Clark.
João Ribas tem publicado artigos em diversas publicações e revistas, de onde se destacam: Artforum, Mousse, Afterall, The Exhibitionist, Artnews e Art in America. A sua publicação, In the Holocene (Sternberg, 2014) – centra-se na noção de arte como uma ciência especulativa.


Textos

• Conversas sobre curadoria com João Ribas